Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Número de beneficiários do RSI voltou a baixar em Novembro

O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) voltou a baixar em Novembro de 2012, com menos 2.257 pessoas a receber esta prestação social relativamente a Outubro, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Lusa 16 de Janeiro de 2013 às 12:11
  • Partilhar artigo
  • ...

As estatísticas mais recentes apresentadas no site do Instituto da Segurança Social (ISS) indicam que 282.541 pessoas beneficiavam do RSI em Novembro, contra 284.798 em Setembro, o que representa uma quebra de quase 0,8 por cento.


Segundo os dados, 146.507 beneficiários são mulheres e 136.033 são homens.

Entre Janeiro e Novembro de 2012, o número de beneficiários desta prestação social baixou 11,3%, passando, respectivamente, de 318.781 para 282.541.

 

O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção subiu entre Janeiro e Junho, tendo começado a cair sucessivamente desde Julho, devido à entrada em vigor das novas regras de atribuição de prestações do sistema de Segurança Social.

 

Desde essa data que, por exemplo, todas as pessoas com mais de 25 mil euros em depósitos bancários ficaram de fora do RSI.

 

Também o número de famílias com direito a este subsídio baixou em Novembro relativamente a Outubro, tendo passado de 112.572 para 111.932, respectivamente.

 

No total das 111.932 famílias que recebem o RSI, 39.707 não têm qualquer rendimento mensal, 18.891 têm rendimentos mensais inferiores a 50 euros, 13.361 têm rendimentos entre 100 a 200 euros, 8.969 têm rendimentos entre 200 a 300 euros e 7.854 entre 50 a 100 euros.

 

Os dados indicam ainda que 8.382 beneficiários têm rendimentos superiores a 700 euros mensais.

 

O valor médio da prestação de RSI processado por famílias situava-se em 213,25 euros em Novembro e por beneficiários em 83,62 euros.

 

Por centros distritais, o Porto mantém-se como aquele em que há registo de mais beneficiários (81.882), seguido de Lisboa (59.815) e Setúbal (23.196).

Ver comentários
Outras Notícias