Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pedro Mota Soares está confiante num acordo de concertação social na segunda-feira

Governo e parceiros reúnem-se no dia 16 de Janeiro.

Lusa 12 de Janeiro de 2012 às 20:23
  • Partilhar artigo
  • ...
O ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, destacou hoje a importância para o país em alcançar um acordo de concertação social e garantiu que o Governo tudo fará para o concretizar na reunião de segunda-feira.

"Era muito importante para o país conseguir ter um acordo de concertação social, o Governo tem demonstrado muito esse espírito de diálogo", disse à Lusa Pedro Mota Soares, acrescentando que "na próxima segunda-feira haverá uma reunião de concertação social" e o Executivo vai "continuar a trabalhar" para alcançar um acordo.

Na matéria específica da segurança social, em particular, no que se refere ao subsídio de desemprego, "temos um diploma que estamos a discutir directamente com os parceiros e conseguimos acolher muitas sugestões, quer de entidades empregadoras, quer dos sindicatos, nomeadamente da UGT", indicou o ministro.

Esta tarde, em conferência de imprensa, a UGT defendeu a existência de um acordo em sede de concertação social, e garante que se baterá por ele, mas não aceita "tentativas do Governo ou das confederações patronais de atirar a UGT para um acordo".

João Proença acrescentou que caso o Governo não retire a proposta da meia hora, todas as outras matérias em discussão terão o voto contra desta central sindical

As declarações, em tom duro, deste responsável surgem na semana em que foi cancelada a reunião de concertação social, que deveria ter ocorrido na quarta-feira e cuja data tinha sido fixada no último encontro, a 23 de Dezembro, dia em que na CGTP abandonou o encontro em sinal de protesto.

Ver comentários
Saber mais Pedro Mota Soares concertação social
Outras Notícias