Segurança Social Portugal é o segundo país da OCDE que concentra nos mais ricos mais transferências sociais em dinheiro

Portugal é o segundo país da OCDE que concentra nos mais ricos mais transferências sociais em dinheiro

Em Portugal, 40% das transferências sociais pecuniárias, incluindo aqui as pensões de reforma, destina-se aos 20% mais ricos. Para os 20% mais pobres, vai cerca de 10%. Só o México concentra mais transferências nos mais ricos. Na Austrália, Noruega e Dinamarca a proporção é a inversa, revela relatório da OCDE.
Portugal é o segundo país da OCDE que concentra nos mais ricos mais transferências sociais em dinheiro
Eva Gaspar 24 de novembro de 2014 às 16:39

Portugal é a seguir ao México o país, entre os 33 membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que dedica a maior fatia das transferências sociais pecuniárias, incluindo aqui as pensões de reforma, aos mais ricos.

 

De acordo com um relatório da instituição sedeada em Paris divulgado nesta segunda-feira, 24 de Novembro, 40% das transferências em dinheiro são canalizadas para os 20% mais ricos, sendo que  apenas o México apresenta uma concentração maior no quintil de topo da distribuição do rendimento (cerca de 55%). Para os 20% mais pobres, Portugal destina pouco mais de 10% do total das transferências sociais em dinheiro.

 

Na Austrália, Noruega e Dinamarca a proporção é a inversa: menos de 10% das transferências em dinheiro dirigem-se aos 20% mais ricos, ao passo que mais de 35% se destinam aos 20% mais pobres. Os dados da OCDE datam de 2011, sendo este apresentado como o ano mais recente que permite comparações internacionais neste indicador.

 

"Há claramente uma variação considerável entre os países da OCDE na proporção em que as transferências sociais são feitas para as famílias de baixos e elevados rendimentos. (…) Nos países mediterrânicos as transferências sociais muitas vezes vão para as famílias mais ricas, porque esses pagamentos estão frequentemente relacionadas com uma história de trabalho no sector formal, e muitas vezes dizem respeito a pagamentos de pensão para os trabalhadores aposentados", enquadra a OCDE.

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI