Elevador Elevador 26 março de 2020
Celso Filipe 26 de março de 2020 às 00:01
Donald Trump

A forma como o presidente norte-americano tem lidado com a dimensão sanitária da covid-19 é altamente questionável. No entanto, por comparação com a Europa os EUA são lestos e contundentes em ações que visam minorar o impacto económico da pandemia. O acordo entre republicanos e democratas, traduzido numa ajuda de dois biliões de dólares à economia, é a prova disso mesmo.

António Costa

É certo que não existe outro caminho, mas ainda assim fica bem ao governo português estar no pelotão da frente dos países que enviaram uma carta ao Conselho Europeu, a defender que é preciso avançar para a emissão conjunta de dívida como forma de financiar a resposta à crise. As chamadas "coronabonds" são, de facto, a única via para manter o projeto europeu. É fundamental que António Costa verbalize esta ideia.




Marketing Automation certified by E-GOI