Elevador Elevador 7 Fevereiro de 2019
Celso Filipe 07 de fevereiro de 2019 às 00:01
Margrethe Vestager

As autoridades europeias rejeitaram a fusão entre a Alstom e a Siemens. Segundo a comissária da Concorrência a decisão foi tomada "porque as empresas não estavam dispostas a resolver os nossos sérios receios em torno da concorrência". De França veio o clamor de que se trata de um "erro económico" que servirá os interesses da China. Um argumento pífio, porque não se resolve um problema criando um outro.

Francisco de Lacerda

Sem fazer nada por isso, os CTT voltam a estar debaixo de fogo. Para isso bastou o ministro das Infraestruturas, Pedro Marques, afirmar no Parlamento que "o Estado devia continuar a ter participação no capital na empresa". Ou seja, o Governo, de algum modo, viabiliza as críticas e vulnerabiliza a empresa liderada por Francisco de Lacerda. Com capital disperso e sem acionistas de referência, o presidente executivo dos CTT é um alvo fácil.




Marketing Automation certified by E-GOI