Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas autoriza inclusão de 11 transgénicos na alimentação

A Comissão Europeia decidiu aprovar a comercialização de 11 variedades de milho geneticamente modificado a incluir em géneros alimentares e rações animais.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 16 de Setembro de 2016 às 16:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 27
  • ...

A Comissão Europeia anunciou esta sexta-feira, 16 de Setembro, que autorizou a comercialização no mercado europeu dos seus 28 Estados-membros de produtos, quer em forma de géneros alimentares para consumo humano, quer para rações de animais, que "contenham, sejam constituídos por, ou produzidos a partir de diversas variedades de milho geneticamente modificado".

As decisões de autorização não incluem cultivo. Actualmente há apenas um milho geneticamente modificado aprovado para cultivo na EU, a variante Mon810 da multinacional norte-americana Monsanto, que esta quarta-feira aceitou a quarta oferta de compra da Bayer, criando um "líder global na agricultura mundial" e reduzindo o número de players no mercado global de sementes e pesticidas.


"Os 11 Organismos Geneticamente Modificados (OGM) em causa foram alvo de um processo de autorização exaustivo", adiantou ainda Bruxelas, "incluindo um parecer favorável da Autoridade de Segurança Alimentar Europeia [EFSA – European Food Safety Authority]". Foi com base nestes pareceres que a Comissão "adoptou as decisões pendentes" sobre a introdução directa de milho geneticamente modificado em produtos de consumo alimentar - o que pode ir desde farinhas até aos xaropes de glucose utilizados industrialmente na produção de bolos e bolachas - e na alimentação animal.   

"As autorizações" agora concedidas pela Comissão "são válidas por 10 anos e todos os produtos fabricados a partir destes OGM serão sujeitos às regras rígidas de rotulagem e de rastreabilidade" comunitários, acrescenta, em comunicado.

Ver comentários
Saber mais CE OGM Monsanto Bayer
Mais lidas
Outras Notícias