Vinho Exportações de vinho caíram 1,1% no ano passado

Exportações de vinho caíram 1,1% no ano passado

As vendas para Angola caíram 55% face ao ano anterior, segundo o DN/Dinheiro Vivo desta segunda-feira, 27 de Fevereiro. Esta queda não foi compensada pelos aumentos em mercados como os EUA, Canadá e China.
Exportações de vinho caíram 1,1% no ano passado
Negócios 27 de fevereiro de 2017 às 10:19

As exportações de vinhos portugueses caíram pela primeira vez, em 1,1% ao fim de seis anos, prejudicadas pela quebra do mercado angolano, adiantou o DN/Dinheiro Vivo. As vendas para Angola reduziram-se em 54,8% em valor e em 67,6% em volume.


Globalmente, Portugal exportou, no ano passado, 2,770 milhões de hectolitros de vinho, no valor de 727 milhões de euros, com um preço médio de 2,62 euros por litro. Citado pela publicação, o presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, Frederico Falcão, salientou que "não fora o mercado angolano e os números tinham sido fabulosos".


Até 2015, o mercado angolano era o maior para os vinhos portugueses, embora não fosse o que remunerava melhor. Esse lugar pertence a França, que compra, por ano, mais de 110 milhões de euros aos produtores nacionais.


Países como os EUA, Holanda, Alemanha e Canadá aumentaram muito as compras, tal como os novos mercados da China ou Rússia. Mas não foi suficiente para compensar o "trambolhão" de Angola.


Já no Reino Unido, as vendas cresceram em volume (6% para 205 mil hectolitros) mas desceram em valor (2,7% para 75,3 milhões de euros) devido ao Brexit.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI