Vinho Produção de vinho aumenta 15% no Douro

Produção de vinho aumenta 15% no Douro

Da vindima de 2015 na região duriense resultaram 290.041 pipas, sendo quase metade de vinho do Porto.
Produção de vinho aumenta 15% no Douro
António Larguesa 27 de novembro de 2015 às 12:00

A produção da vindima de 2015 na região do Douro cresceu 14,8% face ao ano passado, totalizando 290.041 pipas de vinho (de 550 litros cada), segundo os dados oficiais do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), divulgados esta sexta-feira, 27 de Novembro.

O maior contributo para estes resultados foi dado pelo vinho do Porto, que aumentou pelo quarto ano consecutivo a sua produção para um total de 140.823 pipas. Esta progressão resulta do crescimento do chamado "benefício", que foi definido em Julho pelo Conselho Interprofissional do IVDP, um órgão consultivo que junta os produtores e os comerciais da região.

Além do mais famoso vinho português, o instituto público liderado por Manuel Cabral contabilizou que de Denominação de Origem Protegida (DOP) Douro foram produzidas 107.556 pipas, de DOP Douro Espumante 312 pipas, de Regional Duriense 4.206 e de Moscatel do Douro 5.672 pipas. O restante, a rondar as 31 mil pipas, trata-se de "vinho que não tem direito a denominação de origem por questões qualitativas ou regulamentares", explicou ao Negócios fonte do IVDP.

Em 2014, as vendas totais de vinho produzido na mais antiga região demarcada do mundo ascenderam a 493,4 milhões de euros, em resultado de uma ligeira quebra de 0,5% no vinho do Porto e uma subida a dois dígitos (11,8%) dos DOC Douro, em que as exportações já representam 40% da comercialização. Apesar de na última década ter vindo a perder peso relativo, o Porto ainda vale 73,6% do negócio vitivinícola da região.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI