RPC admite negociações com Apollo e Bain Capital. Acções sobem mais de 25%

Uma das maiores fabricantes de embalagens da Europa confirmou estar em negociações com a dona da Tranquilidade e com a Bain Capital. Isto depois de a Bloomberg ter avançado que a britânica RPC está a considerar opções estratégicas para a empresa.
DR
DR
pub
Negócios com Bloomberg 10 de setembro de 2018 às 12:31

As acções da RPC Group, uma das maiores fabricantes de embalagens da Europa com um valor de mercado que ronda os 3,6 mil milhões de dólares (3,1 mil milhões de euros), subiram mais de 25% durante a sessão. Esta valorização acentuada acontece depois de a empresa britânica ter confirmado que está em negociações com a dona da Tranquilidade, a Apollo Global Management, e com a Bain Capital para uma possível venda. 

 

Os títulos da RPC subiam 19,28% para 815,40 pence de libra. Mas chegaram a disparar 25,42% durante a manhã, para um máximo de 857,40 pence de libra, atingindo o valor mais elevado desde Janeiro. As acções recuperam assim de um mínimo de 2016, atingido as últimas semanas, com os investidores a exigirem à empresa um aumento de capital e a redução de custos.

 

As discussões ainda são preliminares e podem não resultar numa oferta pela empresa, afirmou a RPC num comunicado enviado em resposta às notícias da Bloomberg de que a empresa está a considerar opções estratégicas, incluindo uma venda. 

pub

 

A possibilidade de um acordo entre a empresa sediada no Reino Unido e fundos como a Apollo e a Bain Capital é colocada em cima da mesa numa altura de consolidação do sector. São várias as empresas a nível mundial que estão à procura de oportunidades. No mês passado, a Amcor concordou comprar a rival norte-americana Bemis Company por 5,25 mil milhões de dólares. 
Uma possível venda poderá aumentar ainda mais o portefólio da dona da Tranquilidade. Ainda recentemente, a Apollo Global chegou a acordo para comprar a Aspen Insurance. Vai pagar 2,6 mil milhões de dólares pela seguradora, num negócio que deve estar concluído no primeiro semestre do próximo ano.

pub