Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Autoeuropa vai somar 27 dias de paragem até Outubro

A Autoeuropa vai parar mais nove dias em Setembro e Outubro. Ao fim dos primeiros dez meses do ano, serão 27 dias sem laboração na fábrica portuguesa da Volkswagen. No ano passado, esse número chegou aos 44 dias.

João Carlos Malta joaomalta@negocios.pt 29 de Agosto de 2013 às 18:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

O coordenador da Comissão de Trabalhadores, António Chora, acredita que o número de “downdays” ficará abaixo do valor de 2012. A direcção da fábrica não quer fazer previsões.

 

Em Setembro a paragem da fábrica de Palmela vai ocorrer nos dias 6,13,20 e 27, e no mês seguinte, em Outubro, acontecerá a 4, 11, 18,24 e 25. “Acredito que este ano o número de dias de paragem irá ficar abaixo do que se verificou o ano passado”, diz ao Negócios, António Chora.

 

Já a direcção da fábrica de Palmela explica ao Negócios que  a marcação de mais nove dias de paragem está ligada “à optimização do nosso processo de produção, de modo a mantê-lo estável”. “Por outro lado, esta ferramenta de flexibilidade laboral permite-nos ainda atingir índices de desempenho mais eficazes”, acrescenta.

 

Questionado sobre como é possível ter menos dias de paragem mesmo com a expectável queda da produção durante o ano, e mantendo a produção nos 460 carros/dia, Chora responde que esse objectivo vai ser possível graças “à colocação de vários trabalhadores em outras fábricas do grupo”.

 

Em relação à projecção do número de dias de paragem da unidade da Volkswagen para este ano, a direcção da fábrica considera que  “opera num dos sectores de actividade industrial onde mais se têm notado os efeitos da instabilidade económica global que se vive desde 2008”.

 

“Como tal, as empresas que operam neste mercado – e a Volkswagen Autoeuropa não é excepção – têm de estar preparadas para flutuações na procura dos seus produtos. Assim, o nosso plano de produção é revisto regularmente para responder às exigências dos mercados, pelo que indicar um valor para o período em causa será extemporâneo”, conclui.

 

Os últimos dados da associação do sector automóvel, ACAP, revelam que até Julho a produção na Autoeuropa caiu 21,4% face ao período homólogo do ano passado. Nos primeiros sete meses do ano, a fábrica de Palmela produziu 60.238 unidades, que comparam com os 76.658 carros que saíram da unidade nacional o ano passado no mesmo período, ou seja, menos 16.420 automóveis.

 

A Autoeuropa representa 59,6% dos 101.094 veículos que até Junho saíram das fábricas em Portugal.

 

Palmela recebe encontro da Volkswagen

 

Na próxima semana, a unidade nacional da Volkswagen vai receber em Palmela o encontro do comité europeu do grupo VW, que é composto por representantes da comissão de trabalhadores de marcas do grupo e direcção de recursos humanos do grupo.

 

António Chora afirma ao Negócios que neste encontro serão debatidas questões de recursos humanos e da política de cada uma das marcas do grupo. Segundo o coordenador da Comissão de Trabalhadores, não estará em cima da mesa a discussão de possíveis reestruturações no grupo que levem a despedimentos.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais Autoeuropa Volkswagen
Outras Notícias