Automóvel Carro mais rápido do mundo é eléctrico e bate Porsches e Ferraris

Carro mais rápido do mundo é eléctrico e bate Porsches e Ferraris

A Tesla lançou uma nova versão do Model S com uma potente bateria cuja aceleração supera os superdesportivos.
Carro mais rápido do mundo é eléctrico e bate Porsches e Ferraris
Bloomberg
André Cabrita-Mendes 24 de agosto de 2016 às 13:37
É o carro de produção em série mais rápido do mundo. É movido a electricidade, não usa combustíveis fósseis. A Tesla anunciou o lançamento do Model S P100D, que vai dos zero aos cem em 2,7 segundos. Um registo que supera os alcançados por marcas ilustres como a Porsche e Ferrari.

Os únicos automóveis capazes de lhe fazer frente são o Ferrari LaFerrari e o Porsche 918 Spyder, aponta a Tesla, mas ambos já não são produzidos, a sua produção era limitada e custavam milhões de euros. Já o Model S P100D "Ludicrious Mode" vai custar 119 mil euros.

A sua aceleração deve-se à bateria de 100 kilowatts hora (KWh) que permite uma autonomia de 613 quilómetros e uma aceleração dos zero às 60 milhas por hora (96,5 quilómetros hora) em 2,5 segundos. A verdade é que existem automóveis que igualam esta marca, mas são protótipos ou são modelos de pista, como o Ariel Atom 350 R ou o Radical RXC. De velocidade máxima, o Tesla alcança os 250 quilómetros por hora.

E em termos de conforto, a Tesla destaca que, regra geral, os superdesportivos têm dois lugares e pouco espaço de bagagem, enquanto o Model S tem quatro portas, conta com capacidade para transportar cinco adultos mais duas crianças, com muito espaço para a bagagem.

Além do sedan Model S, o jipe urbano da Tesla também vai ter uma versão "Ludicrious Mode". O Model X P100D vai ter assim uma autonomia para 542 quilómetros e vai dos zero às 60 milhas por hora em 2,9 segundos, ou dos zero aos 100 em 3,1 segundos. Os preços começam nos 120 mil euros.

A marca liderada por Elon Musk sublinha que os preços elevados praticados nestes modelos vão servir para financiar o Model 3, o modelo mais barato da Tesla, ainda não lançado.

"Sem clientes dispostos a comprar os mais caros Model S e X, não seriamos capazes de financiar o desenvolvimento do mais pequeno e barato Model 3", disse a Tesla em comunicado.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI