Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Carros eléctricos poderão reduzir importações de petróleo em 40%

Um estudo citado pelo The Guardian mostra que atingir esta meta até 2030 é possível. Tal ficará a depender da existência de infra-estruturas de apoio aos condutores.

BMW i3 protótipo eléctrico
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 10 de Março de 2015 às 11:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

A adopção de carros eléctricos pode significar a redução das importações de petróleo em 40% até 2030. A conclusão é de um estudo citado esta terça-feira, 10 de Março, pelo britânico The Guardian.

 

O jornal escreve que a mudança massiva para estes veículos mais "amigos do ambiente" poderá representar poupanças anuais na ordem das mil libras (cerca de 1.400 euros) a cada condutor.

 

Ainda assim, os automobilistas estão preocupados com a falta de infra-estruturas de apoio a estes veículos, tendo em conta que a autonomia das baterias é ainda reduzida. A previsão é de que esse processo seja lento e gradual, dependendo precisamente da existência destes locais de suporte aos condutores.

 

A análise pressupõe a existência de mais de seis milhões de veículos eléctricos em 2030. Duas décadas depois, o indicador deverá ascender aos 23 milhões de viaturas.

 

Com as perspectivas de redução até 47% nas emissões de dióxido de carbono, motivada por esta opção de mobilidade, o estudo fala ainda no impacto positivo nas condições de saúde, nomeadamente na redução de problemas respiratórios.

Ver comentários
Saber mais The Guardian economia negócios e finanças indústria metalomecânica e engenharia automóvel energia veículos eléctricos
Outras Notícias