Automóvel Desaceleração da China trava vendas da Daimler em 2016

Desaceleração da China trava vendas da Daimler em 2016

A marca automóvel alemã conta com menos vendas do Mercedes-Benz na China, depois de um ano de 2015 em que atingiu números recorde.
A carregar o vídeo ...
Negócios 04 de fevereiro de 2016 às 12:18

A construtora automóvel Daimler AG prevê que 2016 traga menos crescimento no negócio, nomeadamente nas vendas do Mercedes-Benz para a China, depois de em 2015 ter registado vendas e lucros recorde.


Citada pela Reuters, a empresa alemã disse esta quinta-feira, 4 de Fevereiro, esperar que o EBIT (resultados antes de juros e impostos) cresça "ligeiramente" este ano, face ao "crescimento significativo" que tinham estimado para 2015. No ano passado o EBIT cresceu 36% para 13,8 mil milhões de euros. 


"A taxa de crescimento na China será mais moderada este ano", referiu a Daimler sobre a sua divisão mais lucrativa, a Mercedes-Benz Cars, cujas vendas subiram 41% na China, o maior mercado da marca em 2015.


Apesar disso, o CEO da Daimler, Dieter Zetsche, referiu que seria errado classificar as previsões para a China como "decepcionantes". "Vemos o ano na China de forma positiva. O mercado deverá crescer 8% e podemos ganhar quota de mercado",acrescentou


A Mercedes Benz encontrou uma fórmula vencedora na China, mas agora enfrenta competição crescente nomeadamente da BMW. 






Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI