Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Delphi encerra hoje fábrica de Carnaxide

A multinacional norte-americana de componentes Delphi encerrou hoje a sua unidade fabril de Carnaxide, devido à redução de encomendas de construção de cablagens para a marca Audi.

Paulo Soares de Oliveira 15 de Novembro de 2002 às 16:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A multinacional norte-americana de componentes Delphi encerrou hoje a sua unidade fabril de Carnaxide, devido à redução de encomendas de construção de cablagens para a marca Audi, disse ao Negocios.pt fonte sindical.

Na base desta decisão encontra-se a «redução do volume de encomendas de um cliente que representava quase 93% da actividade da multinacional de componentes», explicou ao Negocios.pt Manuel Pacheco, director de recursos humanos da empresa.

A medida elimina 465 postos de trabalho, sendo 84 contratados a prazo. Parte destes quadros «foram transferidos para a unidade do Linhó, que também produz cablagens», disse ao Negocios.pt Manuel Pacheco, director de recursos humanos da empresa.

Em Março de 2001, um ano após a General Motors ter colocado o seu capital em bolsa, a Delphi iniciou um plano de restruturação que implicou o encerramento de nove divisões da empresa.

Durante este período, a empresa abriu duas unidades industriais na Europa de Leste, mais concretamente na Hungria e Turquia.

As restantes quatro unidades industriais da Delphi mantém-se em actividade e repartem-se entre as localidades do Seixal e Ponte de Sôr, onde se produzem sensores de «airbags» e volantes, Guarda e Castelo Branco, que também asseguram a produção de cablagens.

Ver comentários
Outras Notícias