Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresa do Grupo SAG espera crescimento «bastante superior» à economia em 2004

A Multirent, empresa de aluguer operacional de veículos do Grupo SAG, reforçou a sua quota de mercado em 2003 de 14,3% para 17,3% e estima registar este ano um crescimento «bastante superior à média da economia portuguesa».

Negócios negocios@negocios.pt 24 de Junho de 2004 às 13:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Multirent, empresa de aluguer operacional de veículos do Grupo SAG, reforçou a sua quota de mercado em 2003 de 14,3% para 17,3% e estima registar este ano um crescimento «bastante superior à média da economia portuguesa».

Num comunicado a Multirent diz que «consolidou em 2003 a sua posição como um dos principais players do mercado de gestão de frotas em Portugal», tendo registado um resultado operacional de 5,225 milhões de euros, contra prejuízos no ano anterior.

Os resultados líquidos consolidados ascenderam a 1,7 milhões de euros e a empresa conseguiu subir a quota de mercado para 17,3% e aumentar o número de contratos realizados durante o ano em 43%. Os proveitos operacionais subiram 36,7% para 40,55 milhões de euros.

«Esta performance será tanto mais de realçar quanto é certo que o período em apreço foi marcado por uma forte recessão económica com repercussões em todas as áreas de actividade económica, em particular no sector automóvel, onde as vendas caíram 15,2% face ao ano anterior, tendo regredido a níveis de 1989, ou seja, o pior dos últimos 14 anos», refere o comunicado da empresa.

Segundo Pedro de Almeida, administrador da Multirent, para «2004 são já esperados alguns sinais da ansiada retoma económica, esperando-se, naturalmente, uma performance positiva do mercado automóvel».

Assim a empresa diz que as perspectivas apontam para um crescimento do sector e da Multirent em particular bastante superior à média da economia portuguesa, sendo que os sinais durante o primeiro trimestre do ano permitem adiantar que o mercado deverá manter um bom ritmo de crescimento.

Para além da esperada melhoria do lado da procura, «o ano 2004 deverá também começar a marcar uma forma diferente de as gestoras de frota competirem no mercado», salienta o administrador da Multirent.

As acções da SAG seguiam a descer 1,56% para os 1,26 euros.

Mais lidas
Outras Notícias