Automóvel Estado espera arrecadar 993 milhões com carga fiscal sobre automóveis

Estado espera arrecadar 993 milhões com carga fiscal sobre automóveis

A carga fiscal sobre os carros novos e em circulação vai aumentar 22 milhões de euros no próximo ano face a este ano.
Estado espera arrecadar 993 milhões com carga fiscal sobre automóveis
Bruno Simão
André Cabrita-Mendes 14 de outubro de 2016 às 22:12
Comprar carro vai ficar mais caro em 2017. As taxas do Imposto Sobre Veículo (ISV) vão subir 3%, enquanto o Imposto Único de Circulação (IUC) vai subir 0,8%.

O Governo espera no próximo ano arrecadar um total de 993 milhões de euros, com o ISV a arrecadar 692 milhões e o IUC 301 milhões. 

São mais 22 milhões de euros de receitas face a este ano quando atingiram os 971 milhões de euros. O ISV rendeu 660,6 milhões de euros, enquanto o IUC valeu 311,2 milhões.

À semelhança do Orçamento do Estado para 2016, o Governo voltou a rever as tabelas do ISV. A subida é generalizada para os ligeiros de passageiros, ligeiros de mercadorias e motos. Em termos de emissões, tanto os carros mais poluentes como os menos poluentes vão ter o ISV agravado.

Em relação ao IUC, as contas do Negócios, a partir das diferentes tabelas publicadas, mostram um agravamento de 0,8% no "selo do carro". A variação é idêntica tanto no escalão de cilindrada como no de dióxido de carbono. A subida fica acima da que se registou no Orçamento do Estado para 2016, onde o aumento foi de 0,5%.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI