Automóvel Google: Acidente envolve carro sem condutor e autocarro

Google: Acidente envolve carro sem condutor e autocarro

O desastre causou apenas pequenos danos, não havendo registo de feridos. No passado, todos os acidentes tiveram origem em falha humana.
Google: Acidente envolve carro sem condutor e autocarro
Reuters
Negócios 29 de fevereiro de 2016 às 19:04

O veículo sem condutor que está a ser desenvolvido pela tecnológica norte-americana Google deverá ter tido o seu primeiro acidente em ambiente de estrada.

De acordo com a Reuters, que cita um relatório entregue pela empresa às autoridades reguladoras da Califórnia, o carro embateu no passado dia 14 contra um autocarro municipal em Mountain View.

O veículo em causa, um Lexus RX450h, estava a tentar contornar sacos de areia numa via larga. O condutor de testes e o próprio veículo "esperavam que o autocarro abrandasse ou permitisse ao veículo da Google continuar a marcha", refere o relatório.

Três segundos depois, quando o carro retomava o centro da avenida, bateu na lateral do autocarro, danificando o guarda-lamas esquerdo dianteiro, a roda da frente e um sensor. O desastre causou apenas pequenos danos, não havendo registo de feridos.


A empresa começou os testes destas viaturas em 2010. Em Maio do ano passado anunciou a primeira chegada às estradas em Mountain View, onde a tecnológica está sedeada. 

Em meados de Fevereiro a NHTSA (National Highway Traffic Safety Administration) e concordou com a posição da gigante tecnológica, quando diz que um "robot" pode constituir a definição legal de condutor.

De acordo com o site da Google, os protótipos de carros sem condutor da empresa já percorreram 1,6 milhões de quilómetros e continuam a ser testados em  Mountain View (onde se deu o acidente), Austin e Kirkland. Além de Lexus modificados, a empresa testa ainda protótipos próprios.

Nos últimos seis anos – referia na altura a empresa – os veículos tinham sofrido 11 acidentes em ambiente de testes, mas nenhum deles provocado pelas viaturas e sempre por erro humano.

Os títulos da Alphabet – casa-mãe da Google – avançam 0,23% para 706,68 euros às 18:41.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI