Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hyundai quer ser a marca automóvel asiática nº 1 na Europa

Para atingir o objectivo conta com a nova geração do i30, o mais emblemático Hyundai no mercado europeu, apresentado esta semana em Frankfurt.

Adriano Oliveira aoliveira@netcabo.pt 08 de Setembro de 2016 às 12:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Hyundai ambiciona tornar-se, a breve prazo, na marca automóvel asiática número um na Europa. E para atingir esse objectivo conta com a nova geração do i30, o mais emblemático Hyundai no mercado europeu, apresentado esta semana em Frankfurt, em antecipação ao Salão Automóvel de Paris.

 

Modelo estratégico para a marca sul-coreana, o novo Hyundai i30 foi desenhado, desenvolvido e testado na Europa e promete dar continuidade ao sucesso das duas anteriores gerações, que contabilizam mais de 800 mil unidades vendidas, desde 2008.

 

Mais que um novo produto, o Hyundai i30 é o primeiro de uma nova família, de onde sairão, para já, mais duas variantes, a familiar ‘station wagon’,e uma versão mais potente, que está a ser trabalhada pela divisão ‘N’ da Hyundai e deverá contar com um motor de 2 litros turbo de quatro cilindros e debitará 260cv de potência.  O ‘hatchback’ agora apresentado na Alemanha chega a Portugal no início de 2017 (Janeiro/Fevereiro), e deverá manter a relação de preços da actual geração ainda à venda.


Linhas modernas e nova grelha

 

Ligeiramente maior (4cm) e mais baixo (1,5cm) que o seu antecessor, o Hyundai i30 evolui em termos de ‘design’ com linhas mais modernas e uma nova grelha frontal do tipo ‘Cascading’, que também deverá aparecer em mais modelos da marca sul-coreana no futuro. Oferece a mesma distância entre eixos (2,65 metros) e a bagageira tem capacidade para 395 litros de carga e é extensível aos 1.301 litros com os bancos rebatidos.

 

No interior, de aspecto moderno e limpo, a habitabilidade é boa e a percepção da qualidade dos materiais e acabamentos muito satisfatória. A marca propõe um novo ecrã táctil de oito polegadas (opcional) ou uma unidade de 5 polegadas, que funcionam como terminal multimédia e de navegação e são compatíveis com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, e o carregamento de ‘smartphones’ por indução.

 

As tecnologias de segurança e de apoio à condução também estão presentes. A lista é extensa e vão desde a travagem de emergência com sistema de alerta de colisões frontais à detecção do ângulo morto, ‘cruise control’ inteligente e alerta de atenção do condutor.

 

A gama de motores é composta por três propostas Diesel e três opções a gasolina. Um único bloco Diesel de 1.6 litros está disponível nas variantes de 94cv, 109cv e 134cv. Já o leque de propostas a gasolina varia entre um motor 1.4 de 98cv, um 1.0 de 118cv e um 1.4 litros turbo de 138cv. Este último é uma estreia na marca. Dependendo da motorização escolhida, pode optar-se entre uma caixa manual de seis velocidades e uma transmissão automática de dupla embraiagem de sete velocidades.


 

Relançamento da marca em Portugal

 

Para Sérgio Ribeiro, responsável da Hunday Portugal – Platinium, importador oficial da marca, o objectivo de vendas do novo modelo Hyundai i30, em 2017, deverá ascender às 1.000 unidades.

 

Actualmente, a Platinium está empenhada no relançamento da marca Hyundai, depois de ter estado alguns anos estagnada. Reestruturação da rede de concessionários, que vão adoptar uma nova imagem, desenvolvimento de um programa de usados, ‘buy-back’ a 100% e custos de peças são fases importantes deste processo de relançamento em curso da Hyundai no nosso país.

 

A gama de produtos da marca vai, entretanto, alargar-se a partir de 2017 com o lançamento em Janeiro dos novos produtos i10 e i30. O Ioniq ‘plug-in’ chegará em Maio e a ’station wagon’ i30 e variante i30 N em Junho e Julho, respectivamente. Em Outubro, a novidade é um novo SUV do segmento B ainda não identificado.

 

A partir de 2019, a Genesis, marca do grupo Hyundai, passará a ser uma marca autónoma na Europa, com cinco modelos próprios e mais seis novos modelos a lançar até 2020.

 

Jornalista em Frankfurt, a convite da Hyundai 

Ver comentários
Outras Notícias