Automóvel Investidores pedem 8,2 mil milhões à Volkswagen por danos

Investidores pedem 8,2 mil milhões à Volkswagen por danos

O tribunal que está a receber os processos dos investidores contra a fabricante automóvel já confirmou o valor. O maior fluxo de processos dá-se numa altura em que se assinala um ano após o escândalo das emissões ter sido tornado público.
Investidores pedem 8,2 mil milhões à Volkswagen por danos
Bloomberg
Negócios 21 de setembro de 2016 às 16:17

Os investidores da Volkswagen reclamam o pagamento de 8,2 mil milhões de danos causados pelo escândalo de manipulação de emissões poluentes pelas marcas do grupo automóvel alemão.

A informação foi confirmada pelo tribunal alemão de Braunschweig, cidade do estado da Baixa Saxónia onde a companhia está instalada. Foram entregues cerca de 1.400 processos contra a Volkswagen naquela instância.


Destes, 750 só na última segunda-feira, 19 de Setembro, que marca o primeiro dia útil após o aniversário do escândalo ter sido tornado público. A Volkswagen reconheceu ter manipulado as emissões de óxido de azoto em 11 milhões de carros em todo o mundo.


O tribunal informou ter reforçado a equipa que trabalha os processos dos investidores. Os queixosos alegam que a fabricante alemã não informou os accionistas sobre o escândalo com a rapidez suficiente.


A empresa tem insistido na ideia de que não quebrou as regras do mercado de capitais aquando da divulgação deste caso, lembra a agência Reuters. A Volkswagen colocou de lado 18 mil milhões de euros para cobrir os custos do escândalo e fechar acordo com as autoridades norte-americanas.


Os consumidores europeus – a quem foi só prevista a reparação dos carros, ao contrário dos norte-americanos que receberam indemnizações – estão a tentar a sua sorte por Bruxelas. Para 21 de Setembro está marcada uma reunião entre um representante da fabricante alemã e a Comissária Europeia da Justiça Vera Jourova.


A Reuters já tinha dado conta que foram reparados menos de 10% dos 8,5 milhões de carros afectados na Europa, com a Volkswagen a admitir que está a assistir a um "progresso lento" na aplicação das soluções aprovadas pelo regulador alemão KBA.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI