Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Oficinas continuam a retirar filtros de partículas de forma ilegal

Centros de inspeção sem capacidade para fiscalizar fraude. Retirar o filtro sai mais barato do que pagar um novo.

Negócios 03 de Junho de 2019 às 09:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

A entrada em vigor, em 2009, do pacote Euro 5 tornou obrigatório que os automóveis a gasóleo passassem a circular com filtro de partículas por questões ambientais. Mas, dez anos depois, as oficinas de mecânicos continuam a oferecer estes serviços havendo quem preferia pagar 400 para o remover do que pagar mil por um filtro novo.

Em declarações ao Público, o presidente da Associação Nacional dos Centros de Inspeção Automóvel assumiu que não existe forma de enfrentar o problema. "É impossível fazer essa verificação fazer essa verificação, porque não podemos, por lei, desmontar qualquer peça dos veículos e em muitos casos a existência ou não do filtro não é aferível a olho nu", explicou Paulo Areal.

Recordando que a fraude tem consequências para o ambiente e também para a saúde pública, a associação ambientalista Zero pede uma "aplicação séria" da diretiva e defende ser "incompreensível que o Governo não tenha tomado até ao momento as medidas necessárias para tornar mais eficaz a fiscalização sobre os veículos a gasóleo mais poluentes".

Ao mesmo jornal, a associação alertou para a "falta de sentido" que é "inspecionar os veículos atuais tendo por base critérios de emissão que têm quase 20 anos".

Ver comentários
Outras Notícias