Automóvel Venda de carros na Europa regista a maior queda do ano em agosto

Venda de carros na Europa regista a maior queda do ano em agosto

A venda de carros no mercado europeu caiu 8,4% em agosto, o que representa a maior queda percentual de 2019.
Venda de carros na Europa regista a maior queda do ano em agosto
Reuters
Tiago Varzim 18 de setembro de 2019 às 07:50
A venda de carros na Europa registou uma queda significativa em agosto num mês em que em Portugal as vendas caíram 14%. Os dados foram divulgados esta quarta-feira, 18 de setembro, pela Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA).

Contudo, é de realçar que esta variação homóloga pode ser explicada pela introdução do novo protocolo de medição de emissões, o WLTP, a 1 de setembro de 2018, o que levou a uma antecipação da aquisição de carros por parte dos consumidores. Em agosto de 2018, a venda de carros aumentou 31,2%, o que empolou o mês de comparação.
Ainda assim, a Bloomberg nota que este é mais um sinal de que a indústria automóvel europeia está a enfrentar uma procura fraca em mercados-chave e que continua a ter o desafio de conseguir vender mais veículos elétricos. O português Carlos Tavares, CEO do grupo PSA e líder da ACEA, pediu na semana passada que seja criada mais infraestrutura de carregamento elétrico para encorajar os consumidores a comprar carros elétricos.

Em agosto, as vendas de automóveis baixaram 8,4% para 1,04 milhões de unidades - a maior queda do ano -, após terem registado um ganho de 1,4% em julho e recuado 7,9% em junho.

Em termos de países, a maior queda entre os cinco principais mercados registou-se em Espanha (-30,9%), seguindo-se França (-14,1%). Já no que toca às marcas, a Nissan e a Fiat registaram as maiores quedas com variações de -47,5% e -26,5%, respetivamente.

No total do ano, a venda de carros já acumula uma queda de 3,2%, tendo sido vendidos 10,5 milhões de carros na Europa. Nos oito meses de 2019, apenas a Alemanha regista uma ligeira subida (0,9%) entre os principais mercados.

Estes números da indústria automóvel europeia refletem os vários desafios que esta enfrenta, nomeadamente o risco de recessão na Alemanha e a travagem da procura no mercado automóvel chinês por causa da disputa comercial com os EUA.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI