Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas automóveis crescem 24% em novembro. Acumulado já supera 2021

As vendas de veículos automóveis novos aumentaram 24% em novembro em termos homólogos. Nos primeiros 11 meses do ano, os veículos matriculados estão já 1,8% acima dos valores de 2021.

Com os tempos de espera por um veículo novo a chegarem a 8 meses a um ano, a entrega rápida já é um fator decisivo na escolha dos condutores.
Paulo Whitaker/Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 02 de Dezembro de 2022 às 18:10
As matrículas de veículos automóveis novos em Portugal cresceram 24% em novembro face a igual mês do ano passado, atingindo as 17.283 unidades, indicou esta sexta-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP). No entanto, face a novembro de 2019 - último ano antes da pandemia - regista-se uma quebra de 11,5%.

No mês passado, foram vendidos 15.230 ligeiros de passageiros, mais 39,4% do que um ano antes. Já nos comerciais ligeiros assistiu-se a uma quebra de 36,5%, para 1.674 viaturas. No segmento de pesados, as vendas cresceram 2,4%, para 379 unidades.

Já em termos acumulados nos primeiros 11 meses do ano, o mercado automóvel nacional soma 166.935 unidades vendidas, mais 1,8% do que em igual período de 2021. Face a 2019, contudo, os valores encontram-se 31,9% abaixo.

Nos ligeiros de passageiros, até 30 de novembro foram vendidos 141.552 veículos, mais 5,6% do que no período homólogo. Em forte queda - tal como sucede na Europa - continuam os comerciais ligeiros. Desde o início do ano apenas foram matriculadas 20.489 unidades, menos 19,7% do que no ano passado.

No segmento dos pesados, as vendas acumuladas totalizam 4.894 viaturas, uma subida homóloga de 11,1%.
Ver comentários
Saber mais Associação Automóvel de Portugal ACAP
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio