Automóvel Vendas de automóveis com primeira queda em quatro anos

Vendas de automóveis com primeira queda em quatro anos

O relatório divulgado pela ACAP mostra que em Março as vendas de veículos automóveis caíram 2,2% face a igual período de 2016, naquela que é a primeira quebra homóloga em quatro anos.
Vendas de automóveis com primeira queda em quatro anos
David Santiago 03 de abril de 2017 às 18:02

No passado mês de Março o volume de vendas de veículos automóveis em Portugal registou a primeira queda homóloga desde Maio de 2013. Os dados divulgados esta segunda-feira, 3 de Abril, pela Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP) mostram que em Março as vendas de automóveis caíram 2,2% em termos homólogos - face ao mesmo mês de 2016 -, num total de 30.006 unidades vendidas.

 

Ainda assim, no primeiro trimestre deste ano foram comercializados 69.773 veículos automóveis, evolução que representa uma variação homóloga positiva de 2,9%.

 

No que diz respeito aos veículos ligeiros, a quebra mais acentuada verificada em Março foi nos ligeiros comerciais, que recuou 7,2% (para um total de 3.544 veículos) comparativamente com o período homólogo. Já a venda de ligeiros de passageiros recuou somente 1,8% em termos homólogos para um total de 25.974 unidades comercializadas.

 

Sendo que no trimestre, tanto o número de ligeiros de passageiros (+2,5%) como de comerciais ligeiros (+7,1%) registaram variações positivas relativamente aos primeiros três meses de 2016.

 

Já em relação à venda de veículos pesados, verifica-se uma tendência inversa, com o total de pesados vendidos em Março a aumentar 21,1% face ao período homólogo, enquanto o total de vendas desta tipologia de veículos tinha recuado 2,3% no primeiro trimestre face a igual período do ano passado.

 

Das marcas mais vendidas, só a Renault aumentou vendas

 

Renault, Peugeot e Volkswagen, por esta ordem, continuam a ser as marcas mais vendidas, permanecendo no top 3 das fabricantes mais representativas na comercialização em Portugal de veículos ligeiros de passageiros. No entanto, destas três só a Renault aumentou o número de vendas em Março comparativamente com o período homólogo.

 

A Renault vendeu 3.805 veículos ligeiros de passageiros, um aumento de 7,8% face a Março do ano passado, enquanto a Peugeot e a Volkswagen comercializaram 2.538 e 1.890 unidades, respectivamente, para quebras de 2,8% e 6,6%.

 

Na quarta e quinta posição surgem mais duas fabricantes alemãs (Mercedes e BMW), marcas que também viram o número de vendas veículos ligeiros de passageiros recuar em Março comparativamente com o período homólogo. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI