Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

2,3 mil milhões de empréstimos estão em risco na Caixa - CM

Entre os empréstimos de risco, encontram-se créditos concedidos ao Grupo Espírito Santo, ao Grupo Lena ou ao empresário angolano António Mosquito.

Cátia Barbosa/Negócios
Negócios 14 de Junho de 2016 às 09:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...
A Caixa Geral de Depósitos emprestou 2,3 mil milhões de euros que agora corre o risco de não receber de volta. Segundo o Correio da Manhã desta terça-feira, 14 de Junho, uma auditoria que terminou em Agosto de 2015 considera que o banco concedeu créditos com "deficiente análise de risco" ou com garantias claramente insuficientes.

O maior devedor é o grupo Artlant - com 476 milhões - que planeava construir em Sines um dos maiores projectos industriais de Portugal. No entanto, o projecto foi abortado pela falência de um dos seus principais accionistas, a catalã La Seda.

Alguns destes empréstimos foram concedidos durante a passagem de Armando Vara e de Carlos Santos Ferreira pela Caixa. Mas alguns foram concedidos mais recentemente, como a exposição de 303 milhões ao grupo Efacec, cujo empréstimo beneficiou os seus dois maiores accionistas - Grupo Mello e Têxtil Manuel Gonçalves - que depois venderam a empresa à empresária Isabel dos Santos.

Entre os empréstimos de risco, encontram-se também créditos concedidos ao Grupo Espírito Santo, ao Grupo Lena ou ao empresário angolano António Mosquito. Entre 2011 e 2015, as imparidades da Caixa atingiram 6,1 mil milhões de euros.

Os maiores devedores da Caixa (valores de Agosto de 2015)
Total de exposição: 2.264 milhões de euros

Artlant - 476 milhões

Grupo Efacec - 303 milhões

Vale do Lobo - 283 milhões

Auto-estradas Douro Litoral - 271 milhões

Grupo Espírito Santo - 237 milhões

Grupo Lena - 225 milhões

Grupo António Mosquito - 178 milhões

Reyal Urbis - 166 milhões

Finpro SCR - 124 milhões
Ver comentários
Saber mais Caixa Geral de Depósitos Correio da Manhã grupo Artlant Sines Armando Vara Carlos Santos Ferreira grupo Efacec Grupo Mello e Têxtil Manuel Gonçalves Isabel dos Santos Efacec Espírito Santo António Mosquito
Mais lidas
Outras Notícias