Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Abanca admite interesse no EuroBic. Mas só com posição acima de 75%

O presidente do Abanca considera que o mercado nacional "é atrativo" e uma "prioridade estratégica" para a instituição financeira, que é apontada como uma das interessadas na posição de Isabel dos Santos no EuroBic.

Luís Manuel Neves
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 04 de Fevereiro de 2020 às 11:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
O Abanca confirma que está interessada no EuroBic e que vai "participar" no processo de venda da participação de Isabel dos Santos no banco liderado por Teixeira dos Santos. Garante, contudo, que apenas avançará se for para obter uma posição de controlo. 

Juan Carlos Escotet, presidente do Abanca, afirma que o objetivo do banco é "continuar a crescer, não só de forma orgânica como inorgânica". E garante que há "estrutura de capital" para fazê-lo, de acordo com declarações na conferência de imprensa de resultados para 2019, apresentados em Santiago de Compostela. 

Sobre o EuroBic, o "chairman" refere que o banco recebeu a "informação de que se pretende fazer uma mudança na estrutura acionista". Isso "levou-nos a perguntar pelo processo", afirmou Escotet. 

O presidente da instituição financeira adiantou ainda que "haverá um processo competitivo" e garantiu: "temos interesse em participar em todo o processo". Ainda assim, apenas avançará com uma compra se for para ficar com uma participação de, no mínimo, 75%, tal como tem acontecido nas outras operações de fusão, diz o responsável. 

Conforme avançou o Jornal Económico, o "chairman" e CEO do Abanca foram vistos a entrar na sede do EuroBic, em Lisboa. Isto numa altura em que a empresária angolana, no centro da investigação "Luanda Leaks", está a vender a sua posição de 42,5% no banco liderado por Teixeira dos Santos.

Além da participação da empresária angolana, Fernando Teles, o segundo maior acionista, também poderá vir a avançar com a alienação da sua posição no EuroBic. 

"Portugal está claramente dentro das nossas prioridades estratégicas", afirma Escotet, salientando que o mercado nacional é "especialmente atrativo".

A jornalista viajou para Santiago de Compostela a convite do Abanca. 

(Notícia atualizada.)


Ver comentários
Saber mais Abanca EuroBic
Outras Notícias