Banca & Finanças Accionistas do BPI "tiveram gentileza" de aceitar ajuda de Lacerda Machado
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Accionistas do BPI "tiveram gentileza" de aceitar ajuda de Lacerda Machado

Foi Isabel dos Santos e o CaixaBank que aceitaram a mediação promovida por Diogo Lacerda Machado. O amigo de António Costa ajudou à criação de uma base de diálogo que levou ao acordo. Contudo, o entendimento já ruiu.
Accionistas do BPI "tiveram gentileza" de aceitar ajuda de Lacerda Machado
Miguel Baltazar

Primeiro, o diálogo. Depois, o acordo. Diogo Lacerda Machado participou na negociação que levou a um entendimento entre os accionistas do BPI no dia 10 de Abril. Sobre o que levou ao falhanço de seguida, não se sabe.

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI