Banca & Finanças Accionistas do BCP autorizam possível entrada de novo investidor

Accionistas do BCP autorizam possível entrada de novo investidor

Os accionistas do BCP aprovaram a possível entrada de novos investidores no capital da instituição com 97,83% dos votos. Na prática, abdicaram do direito de preferência em aumentos de capital que, pela cotação de fecho desta quinta-feira, podem chegar a 460 milhões de euros.
Accionistas do BCP autorizam possível entrada de novo investidor
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 21 de abril de 2016 às 19:44

A administração do BCP vai poder realizar aumentos de capital com a entrada de novos investidores, depois de os accionistas do banco terem autorizado a realização de reforços de capital em que abdicam do seu direito de preferências, com o voto favorável de 97,83% dos votos.


De acordo com a proposta em cima da mesa neste ponto oito, a equipa de Nuno Amado poderá realizar aumentos de capital no valor máximo de 20% da capitalização bolsista. Tendo em conta o valor de fecho das acções do BCP esta quinta-feira, estaria em causa uma injecção de um máximo de 460 milhões de euros.


Nesta proposta, os accionistas do banco renovaram também a autorização para que a administração possa realizar aumentos de capital reservados aos actuais accionistas, no valor que pode duplicar o capital actual, que ronda os 4,1 mil milhões de euros. Esta sub-proposta foi votada à parte, tendo sido aprovada com 98,54% dos votos.


Depois da aprovação desta proposta, os accionistas vão, de seguida, aprovar a proposta de reagrupamento de acções, no âmbito dos pontos nove e dez da agenda. Antes tinha já sido aprovada a autorização para compra de acções próprias por 99,8% dos votos. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI