Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Álvaro Sobrinho: Crédito ao BESA "se calhar foi para passar proveitos para o BES"

O antigo presidente do BESA admite que o BES tenha dado o crédito ao banco angolano "para passar proveitos para" o grupo português. Álvaro Sobrinho afirmou ainda que "o BES não foi uma torneira de liquidez para o BESA".

Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 18 de Dezembro de 2014 às 21:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

"Se calhar foi para passar proveitos para o BES". Foi assim que Álvaro sobrinho concluiu a resposta a Pedro Nuno Santos do PS sobre o crédito do BES ao BESA, que chegou a atingir o valor de 3.300 milhões de euros.

 

"Neste processo não há heróis. O BES não foi uma torneira de liquidez para o BESA. O BES começou com aquela linha de crédito com taxas elevadíssimas. Os créditos foram dados, mas tivemos um custo financeiro nesta operação gigantesco", lamentou.

 

Depois questionou qual o objectivo deste mecanismo de financiamento para o BESA comprar dívida pública angolana. E deixou uma hipótese de resposta: "se calhar foi para passar proveitos para o BES". 

Ver comentários
Saber mais Álvaro Sobrinho BESA. BES Ricardo Salgado banca
Mais lidas
Outras Notícias