Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Álvaro Sobrinho: "Durante anos, o BESA teve resultados superiores a Portugal"

O BESA "era a referência" nas apresentações que o BES fazia para captar capital desde 2008, afirmou Álvaro Sobrinho. O antigo presidente do banco adiantou que, "durante anos, o BESA teve resultados superiores a Portugal. O BESA era um caso de estudo".

Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 18 de Dezembro de 2014 às 17:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

"Durante anos, o BESA foi credor do BES. Durante anos, o BESA teve resultados superiores a Portugal", afirmou Álvaro Sobrinho na comissão parlamentar de inquérito ao BES e ao GES.

 

O antigo presidente do BESA defendeu que o banco angolano foi importante para o esforço de capitalização do BES desde a crise financeira de 2008. "Em todas as apresentações para captação de capital, a referência era o BESA. O BESA era um caso de estudo", sublinhou.

 

"O BES é o segundo maior banco em Angola. O primeiro em capitais próprios. Tínhamos uma carga que era de puxar pelos resultados" do BES, afirmou, recordando que em 2009 o BESA pesou 30% nos lucros do BES, 50% em 2010. Em 2011, "o BES teve prejuízos e o BESA teve lucros de 262 milhões".

 

Questionado por Miguel Tiago sobre o facto de os lucros poderem resultar da falta de contabilização de imparidades, Sobrinho respondeu: "As provisões aumentavam 100% por ano. Estávamos conscientes de que não estava tudo bem no banco. O provisionamento já estava a ser feito". 

Ver comentários
Saber mais Álvaro Sobrinho BES banca BESA
Mais lidas
Outras Notícias