Banca & Finanças Associação Mutualista Montepio Geral vai a votos a 7 de Dezembro

Associação Mutualista Montepio Geral vai a votos a 7 de Dezembro

As listas de candidaturas podem ser entregues entre 1 e 31 de Outubro. António Tomás Correia, o actual presidente, ainda não decidiu se será candidato nas eleições de Dezembro, mas já garantiu "que vai aparecer um candidato proposto pelo [actual] Conselho de Administração".
Associação Mutualista Montepio Geral vai a votos a 7 de Dezembro
Rita Atalaia 17 de setembro de 2018 às 08:57

A Associação Mutualista Montepio Geral vai a eleições no próximo dia 7 de Dezembro, segundo a convocatória que foi publicada esta segunda-feira, 17 de Setembro, em vários órgãos de comunicação social e publicada entretanto no site da Mutualista.

 

"Convoco os associados efectivos do Montepio Geral – Associação Mutualista para se reunirem em assembleia-geral eleitoral, a realizar no dia 7 de Dezembro de 2018, com início às 9h00 e termo às 18h00", de acordo com a nota publicada.

 

No encontro, serão escolhidos os órgãos associativos para os próximos três anos (2019 a 2021), entre os quais o presidente do conselho de administração.

 

"São aceites listas de candidaturas no período de 1 a 31 de Outubro de 2018", indica a mesma nota, assinada pelo presidente da mesa, Vítor Melícias. O actual presidente da Mutualista ainda não decidiu se será candidato nas eleições de Dezembro.

 

Em declarações à Lusa, Tomás Correia disse na semana passada que ainda não tomou uma decisão, uma vez que isso depende de "muita interacção, muito diálogo em torno do caminho e das pessoas mais hábeis para percorrer o caminho". Contudo, afirmou, "não tenham dúvidas de que vai aparecer um candidato proposto pelo [actual] conselho de administração para o conselho de administração".

Críticas à lista de oposição

Sobre o grupo de associados do Montepio que tem feito movimentações no sentido de apresentar uma lista de oposição, Tomás Correia considerou que "as alternativas que se perfilam não têm qualidade e não têm determinação para poder assumir tamanha responsabilidade". "O Conselho de Administração, os órgãos sociais do Montepio proporão aos associados uma lista alinhada com aquilo que for a vontade dos associados", reiterou.

Este grupo que se opõe à gestão de Tomás Correia, incluindo alguns que no passado concorreram em listas separadas, têm estado em contacto nos últimos meses para preparem uma lista única de oposição, que tenha mais possibilidade de chegar à liderança da Mutualista. O actual administrador da Associação Mutualista, Ribeiro Mendes, que já se afastou publicamente da gestão de Tomás Correia, integra esse grupo.





pub

Marketing Automation certified by E-GOI