Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Audições da nova comissão de inquérito à Caixa só a partir de 18 de Abril

A segunda comissão parlamentar de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos aprovou hoje o seu regulamento e os diversos partidos têm até às 12:00 de terça-feira para pedirem documentação e requererem as audições.

José Pedro Correia de Aguiar-Branco – Ministro da Defesa Nacional;
Paulo Duarte/Negócios
Lusa 23 de Março de 2017 às 19:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O social-democrata José Pedro Aguiar-Branco (na foto), que preside aos trabalhos, estimou também que as audições entretanto requeridas só serão efectuadas a partir de 18 de Abril e que as reuniões ordinárias serão realizadas sempre pelas 18:00 de cada quinta-feira.

Já na próxima terça-feira, 28 de Março, após a recepção dos diversos pedidos por parte dos grupos parlamentares, a sua análise e diligências necessárias ficarão a cargo da mesa e dos coordenadores, numa reunião de cúpula, agendada para as 17:00.

Relativamente ao regulamento, em tudo semelhante a outras comissões de inquérito, houve uma proposta do PCP que foi aprovada pela maioria (PS, BE PCP) contra a vontade de PSD e CDS-PP, no sentido de o quórum se registar com a presença de três partidos e não de quatro, além das presenças aritmeticamente necessárias.

Actualmente, está em funcionamento uma comissão de inquérito, constituída ainda na anterior sessão legislativa, que se debruça sobre a gestão da CGD desde o ano 2000 e sobre os motivos que estão na origem da necessidade de recapitalização do banco público.

Um dos pontos centrais da nova comissão - e que está expresso no requerimento que a fundamenta - será apurar se "é verdade ou não que o ministro [das Finanças] negociou a dispensa da apresentação da declaração de rendimentos [de António Domingues]", o que tem sido negado por Mário Centeno.
Ver comentários
Saber mais Mário Centeno partidos e movimentos economia negócios e finanças parlamento política
Outras Notícias