Banca & Finanças Chineses compram um dos maiores cofres de metais preciosos da Europa

Chineses compram um dos maiores cofres de metais preciosos da Europa

O cofre de metais preciosos do Barclays deverá ser adquirido pelo ICBC Standard Bank. Na semana passada, este banco tornou-se no primeiro, em mais de uma década, a entrar no sistema londrino de pagamento com metais preciosos.
Chineses compram um dos maiores cofres de metais preciosos da Europa
Reuters
Negócios 16 de maio de 2016 às 16:06

O ICBC Standard Bank, filial do banco chinês ICBC, o maior banco mundial, estará em vias de comprar o cofre de metais preciosos do banco britânico Barclays, segundo avança o The Wall Street Journal. Trata-se de um dos maiores cofres da Europa e, a confirmar-se este negócio, o ICBC tornar-se-á no primeiro banco chinês a deter um cofre deste género em Londres.

 

De acordo com o jornal norte-americano, esta aquisição deverá estar concluída no mês de Julho e permitirá ao ICBC reforçar o peso no mercado das infra-estruturas e a influência no sector dos metais preciosos, desde a definição do preço ao armazenamento.

 

Tendo em conta que a China é o maior consumidor mundial de muitos destes metais, tem sido normal assistir à aposta crescente dos bancos chineses neste sector. O cofre em causa armazena ouro, prata, platina e paládio.

 

"Esta é uma aquisição entusiasmante para o banco", nota Mark Buncombe, director do ICBC para a áreas das matérias-primas, citado pelo The Wall Street Journal.

 

Note-se que, na semana passada, o ICBC tornou-se no primeiro banco em mais de uma década a entrar no sistema londrino de pagamento com metais preciosos, juntando-se assim a instituições tais como o Barclays, o HSBC, o JP Morgan Chase ou o UBS. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI