Banca & Finanças Banco de Portugal aplicou coimas de quase 560 mil euros no terceiro trimestre

Banco de Portugal aplicou coimas de quase 560 mil euros no terceiro trimestre

Entre julho e setembro, o Banco de Portugal instaurou 23 processos de contraordenação e tomou decisão em 30
Banco de Portugal aplicou coimas de quase 560 mil euros no terceiro trimestre
Negócios 21 de outubro de 2019 às 17:10

No terceiro trimestre deste ano, o Banco de Portugal instaurou 23 processos de contraordenação e tomou decisão em 30, de acordo com os dados revelados esta segunda-feira, 21 de outubro, na sua síntese da atividade sancionatória.

Dos processos em que tomou decisão, a maior parte respeita a infrações de natureza comportamental e prudencial.

"Dos 30 processos decididos, 11 respeitam a infrações de natureza comportamental, 11 respeitam a infrações de natureza prudencial, 4 respeitam a infrações relacionadas com atividade financeira ilícita, 3 respeitam a infrações às regras em matéria de recirculação de numerário e 1 respeita a infrações a deveres relativos à prevenção do branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo", lê-se na síntese do Banco de Portugal.

Das decisões proferidas resultou a aplicação de seis admoestações e coimas de 559.500 euros, doas quais 226.500 suspensos na sua execução.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI