Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco de Portugal não é uma “porta giratória”, é uma “plataforma”

As relações entre os reguladores do sistema financeiro, os regulados e a política são uma constante. A investigadora Susana Coroado chama-lhes uma “plataforma giratória”.

54% dos administradores vão para as empresas que regularam.
54% dos administradores vão para as empresas que regularam. Pedro Simões
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

"Plataforma giratória" – é assim que Susana Coroado, investigadora do Instituto de Ciências Sociais, chama à relação entre os reguladores do sistema financeiro, as empresas reguladas, e o poder político. Na sua tese de doutoramento em Ciência Política, a especialista argumenta que o sistema financeiro é o que evidencia mais riscos de "captura" por parte de interesses privados, de entre todos os setores regulados.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Susana Coroado Instituto de Ciências Sociais Caixa Geral de Depósitos BdP Banco de Portugal Carlos Costa política banco central
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias