Banca & Finanças Banco de Portugal vai entregar dividendos de 550 milhões ao Estado

Banco de Portugal vai entregar dividendos de 550 milhões ao Estado

O Banco de Portugal deverá reduzir o valor que vai ser entregue ao Estado em 2020, para 550 milhões de euros, adianta o Expresso. Este ano, a entidade liderada por Carlos Costa pagou 645 milhões.
Banco de Portugal vai entregar dividendos de 550 milhões ao Estado
Mariline Alves/Cofina
Negócios 15 de novembro de 2019 às 08:41
O Banco de Portugal deverá dar ao Estado 550 milhões de euros em 2020. Um valor inferior aos 645 milhões que foram entregues este ano. Em conjunto com os dividendos da Caixa Geral de Depósitos (CGD), o Governo poderá receber perto de 850 milhões de euros por parte destas duas entidades. 

De acordo com o Expresso, as estimativas apontam atualmente para uma redução de 15% do dividendo que será pago no próximo ano, com base nas contas de 2019. Já o banco liderado por Carlos Costa considera ser ainda muito cedo para calcular o valor. 

"O valor de dividendos a entregar ao acionista relativamente aos resultados de 2019 só será apurado depois do final do ano, quando as contas do exercício forem fechadas", afirmou o Banco de Portugal ao jornal.

Já a CGD deverá entregar 300 milhões de euros ao Estado, o que representa um aumento face ao valor anterior. Com base nos resultados de 492 milhões em 2018, o banco liderado por Paulo Macedo pagou um dividendo de 200 milhões.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI