Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco polaco do BCP não paga dividendos este ano  

Pelo quarto ano consecutivo, o Bank Millennium não vai remunerar os accionistas. O banco espera retomar os dividendos em 2019.

Chineses passam a 'dominar' BCP: Depois de anos à procura de um novo accionista de referência, o BCP atraiu a Fosun para o seu capital. O grupo chinês aproveitou a pressão sobre o banco para se tornar no seu maior accionista, com um investimento de apenas 175 milhões e deixando para trás a Sonangol. Em breve, a Fosun deve chegar a 30% do BCP. A entrada dos chineses ditou a saída do Sabadell, grupo espanhol que era parceiro histórico do banco de Nuno Amado que preferiu sair do BCP.
.
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 02 de Fevereiro de 2018 às 10:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

O Bank Millennium, banco polaco detido em 50,1% pelo Banco Comercial Português, anunciou esta sexta-feira que vai reter todos os lucros obtidos no ano passado, pelo que voltará a não remunerar os accionistas.

 

Será esta a proposta que o banco vai submeter em assembleia geral, sendo que o objectivo passa por utilizar os resultados obtidos para crescimento orgânico. De acordo com um comunicado citado pela agência de notícias PAP, o banco tinha autorização do regulador para distribuir dividendos aos accionistas, mas foram impostos limites devido à elevada exposição a empréstimos em moeda estrangeira.

 

Em declarações citadas pela Bloomberg, o CEO do Bank Millennium afirmou que o banco espera retomar a política de distribuição aos accionistas em 2019, com o pagamento de parte dos lucros obtidos este ano. João Brás Jorge acrescentou que não está nos planos, mas não descarta efectuar aquisições.

 

O banco polaco deixou de pagar dividendos em 2014 (referentes ao exercício de 2013) devido às exigências de capital do regulador do país. O Bank Millennium tem como política de dividendos a distribuição de 35 a 50% dos lucros obtidos e chegou a dar indicações que pretendia regressar aos dividendos este ano. Em 2014 pagou um dividendo de 0,22 zlotys por acção.

 

Se os accionistas aprovarem a proposta de não pagar dividendos este ano, o rácio de capital do Bank Millennium irá aumentar 2 pontos base.

 

O banco anunciou esta sexta-feira que  obteve lucros de 681 milhões de zlotys (160 milhões de euros) em 2017 e 180 milhões de zlotys (42 milhões de euros) no quarto trimestre.

  

As acções do BCP seguem a cair 3% para 0,3009 euros. Os títulos do banco polaco descem 2,6% para 9,36 zlotys.

Ver comentários
Saber mais João Brás Jorge Bank Millennium Banco Comercial Português CEO BCP
Mais lidas
Outras Notícias