Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco polaco do BCP vai perder até 20 milhões com corte nas taxas diretoras

A decisão do banco central polaco de cortar as taxas de juro, como forma de apoio à economia em tempos de pandemia, vai ter impacto na margem financeira da instituição que é controlada pelo português BCP neste país de leste.

Millennium bank da polónia
Kacper Pempel/Reuters
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 02 de Junho de 2020 às 19:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

O Bank Millennium, o braço polaco que é detido maioritariamente pelo Banco Comercial Português (BCP), anunciou esta terça-feira que a decisão do banco central da Polónia de baixar as taxas de juro vai ter um impacto de até 90 milhões de zlotis (20 milhões de euros) na margem financeira da instituição.

As estimativas do banco polaco apontam para uma quebra na margem financeira de, no mínimo, 85 milhões de zlotis, ou seja, 19,38 milhões de euros.

 

"O impacto real pode ser diferente e dependerá em grande parte dos resultados comerciais obtidos, mudanças nos custos de financiamento e outras atividades de neutralização", ressalva o banco no comunicado disponibilizado no respetivo site.

 

O abalo deverá sentir-se na sequência da decisão do Conselho de Política Monetária, a 28 de maio último, de reduzir inesperadamente a taxa de juro de referência para 0,1% e a taxa lombard, que é cobrada aos bancos comerciais na extensão de créditos de curto prazo com colaterais, para 0,5%. O banco central avançou com esta medida de apoio à economia numa altura em que a pandemia de covid-19 abala as contas do país. 


Ver comentários
Saber mais BCP Bank Polónia Millennium Banco Comercial Português economia negócios e finanças serviços financeiros banca
Mais lidas
Outras Notícias