Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco de Portugal ainda estuda acção judicial contra TVI

A estação de Queluz de Baixo noticiou, a 13 de Dezembro, que o Banif iria encerrar no dia seguinte. O PSD quis saber se houve uma acção judicial por parte do regulador. “Uma boa questão”, respondeu Carlos Costa.

Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 05 de Abril de 2016 às 20:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O Banco de Portugal ainda não decidiu se vai avançar com uma acção judicial contra a TVI, confidenciou Carlos Costa na audição desta terça-feira, 5 de Abril, na comissão de inquérito ao Banif. 

 

Questionado pela deputada do PSD Margarida Mano, o governador do Banco de Portugal apenas respondeu que "é uma boa questão". "Uma questão de que não sei", disse. "Para isso é que temos juristas", frisou.

 

Em causa está a notícia em rodapé da TVI, a 13 de Dezembro, que anunciava o fecho do Banif no dia seguinte, nomeadamente com a integração na Caixa Geral de Depósitos e com perdas para titulares de depósitos acima de 100 mil euros.

 

Na semana seguinte à notícia, o Banif perdeu 960 milhões de euros em depósitos e há quem considere – como Jorge Tomé ou o ex-administrador do Banco de Portugal António Varela – que a notícia foi a última machadada a ditar o fim da instituição financeira.

 

Logo no dia 13, o Banif, então liderada por Jorge Tomé, anunciou que ia actuar judicialmente.

 

O Ministério Público já disse que está a acompanhar o caso Banif mas, no arranque dos trabalhos da comissão de inquérito, ainda não tinha aberto qualquer processo específico.

Ver comentários
Saber mais Banif comissão de inquérito Parlamento Carlos Costa TVI
Mais lidas
Outras Notícias