Banca & Finanças Bancos Sabadell e Popular falharam tentativa de fusão - Expansión

Bancos Sabadell e Popular falharam tentativa de fusão - Expansión

Os administradores e accionistas das duas instituições espanholas reuniram-se para analisar a possibilidade de uma fusão entre os dois bancos, adiantou o Expansión desta quinta-feira, 26 de Maio.
Bancos Sabadell e Popular falharam tentativa de fusão - Expansión
Bloomberg
Negócios 26 de maio de 2016 às 10:46

Os presidentes do banco Sabadell e do Popular, Josep Oliu e Ángel Ron reuniram-se várias vezes, acompanhados por Jaime Gilinski, o accionista colombiano que tem 5% do capital do Sabadell e por António del Valle, mexicano de origem asturiana, que tem uma participação semelhante no Popular para explorar uma possível fusão entre as duas entidades.


As reuniões que tiveram lugar há alguns meses terminaram sem acordo, segundo reconhecem fontes próximas do processo, citadas pelo jornal Expansión.


Esta aproximação registou várias etapas nos últimos anos, mas esta última tentativa foi a que avançou mais e terá durgido a pedido de del Valle, que é um accionista respeitado do Popular, referiu o Expansión. Também Gilinski é um accionista comprometido com o seu investimento e os dois detentores de capital nos bancos participam activamente na política e controlo de gestão das entidades.


A intenção do Popular em promover uma maior proximidade entre os bancos está assente na maior fragilidade do banco, por ter uma elevada exposição ao sector imobiliário e apesar das medidas que levou a cabo nos anos da crise.


As reuniões foram conduzidas em vários pontos de Espanha. Os contactos acabaram por ser interrompidos depois das equipas dos dois bancos terem feito um levantamento dos valores em torno da operação, nomeadamente as necessidades de capital e o volume de perdas esperadas.  

A notícia do jornal espanhol foi publicada num dia em que o Popular anunciou um aumento de capital de 2,5 mil milhões de euros para limpar o balanço de activos problemáticos. Numa conferência de imprensa, o "chairman" Angel Ron afirmou que o Popular não está a equacionar entrar num movimento de consolidação.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI