Banca & Finanças Bava: "Em nenhum momento a PT teria feito investimento no BES e CGD em detrimento dos seus próprios interesses"

Bava: "Em nenhum momento a PT teria feito investimento no BES e CGD em detrimento dos seus próprios interesses"

Zeinal Bava diz que mesmo com a parceria estratégica com o BES e a Caixa Geral de Depósitos a PT optava por salvaguardar os seus interesses.
Bava: "Em nenhum momento a PT teria feito investimento no BES e CGD em detrimento dos seus próprios interesses"
Miguel Baltazar
Alexandra Machado 26 de fevereiro de 2015 às 16:40

Zeinal Bava, elogiando a equipa financeira da PT nomeadamente Pacheco de Melo ("meu amigo e um dos melhores na área"), assegurou aos deputados que "os melhores interesses da PT eram salvaguardados", mesmo havendo uma parceria estratégica entre a PT, o BES e a Caixa, para que fossem fornecedores preferenciais nos serviços financeiros.

 

O ex-presidente da PT explicou que apesar dessa parceria, feita em 2000, sobre a qual disse não ter enquadramento, a PT tentava sempre os melhores negócios. "Em qualquer momento a PT teria feito qualquer investimento quer no BES quer na Caixa em detrimento dos seus próprios interesses", afirmou Zeinal Bava na Comissão de Inquérito à Gestão do BES e do GES. 

 

Quando a Vivo foi vendida, foi consensual na PT que metade do encaixe seria depositado no BES e a outra metade na caixa, disse Zeinal Bava.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI