Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BBVA aumentou lucros em 25,7% para 2,6 mil milhões de euros em 2014

A contribuir para o aumento do resultado líquido está a recuperação do mercado doméstico em Espanha, num momento em que o BBVA reorganiza as suas operações internacionais, como em Portugal.

Miguel Baltazar/Negócios
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 04 de Fevereiro de 2015 às 08:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O segundo maior banco espanhol fechou o ano de 2014 com uma subida de 25,7% nos lucros. O BBVA teve um resultado líquido de 2.618 milhões de euros no ano de 2014 face a período homólogo O resultado foi apresentado esta quarta-feira, 4 de Fevereiro, pelo banco.

 

"Foi um exercício difícil, mas muito bom, caracterizado pelo crescimento das receitas, o controlo dos gastos e uma melhoria dos indicadores de risco", disse o presidente do BBVA, Francisco González, em comunicado.

 

"Tudo isso, juntamente com uma base de capital mais forte, permitiu-nos fechar o exercício numa situação óptima para encarar o novo ciclo de crescimento e de transformação do negócio", sublinhou.

 

Já no quarto trimestre de 2014, o banco teve lucros no valor de 689 milhões, face aos 849 milhões de euros de prejuízo de período homólogo, superando assim as estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg.

 

A contribuir para o aumento do resultado líquido está a recuperação do mercado doméstico em Espanha, num momento em que o BBVA reorganiza as suas operações internacionais.

 

Espanha é responsável por 25,3% dos lucros, sendo superado apenas pelo México, com 47,1% do total. Em terceiro surge a América do Sul com 24,6%.

 

É o caso de Portugal. Ainda recentemente o banco avançou com um despedimento colectivo de 148 trabalhadores, reduzindo o quarto em Portugal para os 600 trabalhadores. A reestruturação nacional do BBVA levou também ao fecho de 43 dos seus 81 balcões.


Mas apesar da diminuição do tamanho da operação em Portugal, o BBVA manifestou interesse no Novo Banco, juntando-se assim a 16 outras entidades no rol de candidatos à compra da instituição que ficou com os activos saudáveis do BES.

 

O BBVA está a subir 1,88% para 8,081 euros na bolsa de Madrid esta quarta-feira.

Ver comentários
Saber mais BBVA Francisco González Espanha Portugal Novo Banco economia negócios e finanças banca
Mais lidas
Outras Notícias