Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE comprou 432 milhões de euros em dívida pública no mercado secundário

Ao fim de três semanas sem comprar obrigações, o Banco Central Europeu (BCE) regressou ao mercado secundário de dívida pública.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 28 de Março de 2011 às 15:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
O montante de compras ascendeu, na última semana, a 432 milhões de euros.

Numa semana em que 1,1 mil milhões de euros de obrigações detidas pelo BCE atingiram a maturidade, montante de dívida detido pela autoridade monetária cifrou-se em 76,5 mil milhões de euros.

Num período em que Portugal está no centro da crise orçamental, é natural que os activos adquiridos pela autoridade sejam obrigações portuguesas. Desta forma, os bancos podem libertar o seu balanço de dívida pública nacional e ganham margem para comprar a dívida pública portuguesa nos leilões do mercado primário, em que o BCE está proibido de participar pelos seus próprios estatutos.

As compras foram feitas no contexto do programa de compra de activos (Securities Market Programme), que começou em Maio do ano passado.

Para compensar as compras de activos a autoridade monetária toma empréstimos de curto prazo. Amanhã o BCE deverá receber depósitos a sete dias, numa operação que é denomida por “esterilização” da liquidez injectada nos sistema financeiro.

Ver comentários
Saber mais BCE liquidez Trichet
Mais lidas
Outras Notícias