Banca & Finanças BCP não tem operação de aumento de capital "pensada e estruturada"

BCP não tem operação de aumento de capital "pensada e estruturada"

Embora os accionistas tenham aprovado a possibilidade de realizar aumentos de capital com a entrada de novos investidores, Nuno Amado defende que nada está pensado.
A carregar o vídeo ...

O Banco Comercial Português não tem, neste momento, um aumento de capital a ser preparado, apesar da possibilidade aberta na assembleia-geral de quinta-feira, 21 de Abri.

 

"Não temos nenhuma operação pensada e estruturada", disse Nuno Amado aos jornalistas, à saída da assembleia que se realizou no Lagoas Park Hotel, em Oeiras.

 

Um dos pontos aprovados na reunião foi, precisamente, a possibilidade de os accionistas fazerem aumentos de capital de até 20% da capitalização bolsista do banco com a entrada de novos investidores (na prática, os actuais accionistas abdicaram do direito de preferência que teriam numa operação do género).

 

Nuno Amado explicou que o aumento de capital só será uma hipótese "se for necessário". Segundo declarou aos jornalistas, o objectivo é que haja uma possibilidade. "Não podemos ter mecanismos inferiores aos de outros bancos", defendeu-se. 

 

Além da supressão do direito de preferência, os accionistas também aceitaram reduzir a fusão de acções (do rácio de 1 para 193 acções para 75 títulos).




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI