Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP é o único banco português com rácio acima da média europeia, segundo a EBA

Os bancos europeus têm melhorado o seu capital de melhor qualidade. O BCP também acompanhou a tendência, ainda que continue a ter o seu capital a beneficiar da ajuda estatal.

Bruno Simão
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 19:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

O Banco Comercial Português é o único banco nacional que, segundo o exercício realizado pela Autoridade Bancária Europeia (EBA, na sigla original) em 2015, tem um rácio de referência acima da média europeia.


O rácio Common Equity Tier 1 do BCP, que mede o peso do melhor capital da instituição financeira, fixou-se em 13,13% em Junho de 2015. A média europeia, de acordo com o exercício feito pela EBA, era, à mesma data, de 12,8%.


Os números foram revelados num relatório publicado pela EBA, com base num exercício aplicado a 105 bancos de 21 países da União Europeia e Noruega, que representam mais de 67% dos activos totais da banca da região.

A supervisora bancária da União (o Banco Central Europeu tem a supervisão única sobre a banca da Zona Euro) conduz exercícios anuais desde 2011, sendo que alguns deles coincidiram com a divulgação de testes de stress (como em 2014). Desta vez, apenas os dados enviados pelos bancos foram utilizados, não havendo qualquer sujeição dos mesmos a cenários económicos adversos.

 

"No geral, os bancos europeus continuaram a fortalecer os seus capitais, sobretudo através de aumentos de capital e da constituição de reservas com os resultados obtidos", assinala o relatório publicado esta terça-feira, 24 de Novembro. É neste sentido que o rácio CET1 passou de 12,1%, em Dezembro de 2014, para 12,8%, seis meses depois.


O BCP foi um dos bancos que melhorou a sua posição, passando de um rácio de 11,98% para 13,13%. O banco, que ainda beneficia de ajuda estatal, recebida através da injecção de instrumentos híbridos que favorecem o capital, teve de fazer um plano para o equilíbrio do seu balanço depois de ter chumbado ao cenário adverso dos testes de stress.

 

Já o BPI tinha, em Junho, um rácio CET1 de 10,46% (caindo dos 11,77% anteriormente registados) enquanto a CGD apresentava um de 10,99% (melhorando face aos 10,93% anteriores), de acordo com a EBA. Ao todo, Portugal verificou uma média de 11,6%. Apesar de estarem abaixo da média europeia, estão acima do mínimo exigido.

 

O Novo Banco não foi sujeito a este exercício já que foi alvo do teste de stress este ano – por ter falhado em 2014, quando os restantes bancos fizeram, devido à sua recente constituição.

Em relação à tendência europeia, a autoridade sublinha que que se começou a sentir um aumento gradual do financiamento à economia real. Já o crédito malparado "continua a ser uma preocupação". "A rentabilidade melhorou até 2015 mas permanece fraca em relação aos padrões históricos", considera ainda o relatório.

  

Ver comentários
Saber mais BCP Banco Comercial Português Autoridade Bancária Europeia Common Equity Tier 1 Banco Central Europeu EBA
Outras Notícias