Banca & Finanças BES Angola com prejuízos de 15 milhões devido a malparado

BES Angola com prejuízos de 15 milhões devido a malparado

O banco que o BES controla em Angola perdeu 15 milhões de euros nos primeiros três meses do ano. A degradação de resultados deveu-se à necessidade de registar 70 milhões de provisões para crédito malparado, apesar de 71% da carteira beneficiar de garantia do Estado angolano.
BES Angola com prejuízos de 15 milhões devido a malparado
Reuters
Maria João Gago 15 de maio de 2014 às 21:41

O BES Angola teve prejuízos de 15 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, contra lucros de um milhão de euros registados em Março do ano passado. A deterioração do desempenho do banco angolano do BES deveu-se à necessidade de reforçar as provisões para crédito malparado.

 

Nos primeiros três meses do ano, o BES Angola contabilizou imparidades para crédito de 70 milhões de euros. Isto apesar de cerca de 71% da carteira de crédito da instituição, que ascendia a 5.808 milhões no final de Março, beneficiar de uma garantia soberana atribuída pelo Estado angolano.

 

O produto bancário do banco liderado por Rui Guerra aumentou 87%, para 81,4 milhões, reflectindo o crescimento dos resultados financeiros e das comissões, que ascenderam a 67,4 e 7 milhões de euros, respectivamente.

 

Angola pesou mais de um terço no aumento de imparidades do BES

 

As provisões de crédito realizadas no BES Angola foram responsáveis por mais de um terço do aumento das imparidades totais contabilizadas pela casa-mãe, que controla 55,71% da instituição angolana. Dos 140,5 milhões de provisões adicionais constituídas pelo BES, 53 milhões foram contabilizadas em Angola.

 

No total, o BES reforçou as imparidades em 380,6 milhões nos primeiros três meses do ano, um aumento de 58,5% face aos primeiros três meses do ano passado. Deste valor, 76% correspondeu a provisões para crédito, que ascenderam a 276,3 milhões.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI