Empresas BES, BCP e EDP são as marcas mais valiosas do PSI-20

BES, BCP e EDP são as marcas mais valiosas do PSI-20

O Continente vale mais do que o Pingo Doce na lista da Interbrand sobre as 10 marcas mais importantes do índice bolsista português.
Diogo Cavaleiro 21 de março de 2011 às 17:38
O Banco Espírito Santo é a marca mais valiosa do PSI-20, logo seguido pelo Millennium BCP. A Energias de Portugal encerra o pódio da lista elaborada pela consultora Interbrand sobre as 10 marcas mais valiosas do principal índice da bolsa nacional, divulgadas no sábado passado.

Segundo o “Top 10 Brands Portugal 2011”, o BES tem um valor financeiro de marca de 951 milhões de euros, acima dos 873 milhões de euros atingidos pelo BCP. Em comunicado, o BES considera que a marca liderada por Ricardo Salgado (na foto) destaca-se pelo facto de os seus valores centrais serem “a permanência, solidez e ‘portugalidade’”.

Do sector da banca, o BPI também consta desta classificação, mas aparece apenas na 8ª posição, com um valor de marca de 376 milhões de euros. A Interbrand explica que o Santander e a Caixa Geral de Depósitos não fazem parte da lista por não estarem cotados na bolsa portuguesa.

A EDP consegue 734 milhões de euros, com uma diferença muito ligeira em relação à quarta classificada, a TMN, empresa de rede móvel da Portugal Telecom, cujo valor de marca é de 726 milhões de euros. Em quinto lugar destaca-se a Galp Energia, com 647 milhões de euros.

O Continente e o Pingo Doce ocupam as 6ª e 7ª posições, respectivamente. A marca da Sonae consegue 455 milhões de euros, 55 milhões acima do resultado da marca da retalhista Jerónimo Martins. O Modelo, igualmente da Sonae, não está presente no “ranking” devido à recente decisão de unir este negócio sob a marca Continente.

Em 9º lugar está a Brisa, com 350 milhões de euros, mais do dobro do que a última classificada da lista, a Zon Multimédia, que conta com um valor de marca de 135 milhões de euros. A principal rival da empresa, a Meo, que pertence à PT, não é distinguida porque a Interbrand considera não haver “informação financeira suficiente no relatório e contas de 2010”.

A consultora Interbrand costuma avaliar o valor das marcas e, todos os anos, publica as “Best Global Brands” do mundo na “Business Week”. No sábado passado, a empresa decidiu lançar o “Top 10 Brands Portugal 2011”, que se centra nas marcas mais valiosas das empresas cotadas no PSI-20.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI