Banca & Finanças Buraco foi passado para o Novo Banco de forma "inexplicável"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Buraco foi passado para o Novo Banco de forma "inexplicável"

O ministro das Finanças considera "inexplicável" como foram incluídos ativos tóxicos na criação do chamado "banco bom". Centeno insiste na defesa da forma como o Novo Banco foi vendido e garante que a instituição financeira não será liquidada.
Buraco foi passado para o Novo Banco de forma "inexplicável"
Lusa
Rita Atalaia 07 de março de 2019 às 22:50

O ministro das Finanças, Mário Centeno, defendeu esta quinta-feira, na comissão de Orçamento e Finanças, que as perdas registadas pelo Novo Banco não se devem à forma como o banco foi vendido, em outubro

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI