Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cada accionista ganhará um máximo de 79 cêntimos com fusão de acções do BCP

A fusão de acções do BCP ocorre após a sessão de bolsa de 21 de Outubro, com o reagrupamento de 75 títulos num só. As acções sobrantes serão adquiridas a 0,0257 euros, mais 70% que a cotação actual. Cada accionista não ganhará mais de 79 cêntimos. Perceba o que se vai passar.

O BCP é a terceira acção que mais desce no Stoxx 600. Os títulos do banco português desvalorizam 50,90% em 2016, com a queda a intensificar-se na última semana. Nas passadas cinco sessões, as acções do banco liderado por Nuno Amado cerca de 25%, pressionado por receios de que tenha que avançar para um aumento de capital, pela exclusão de um índice de referência global e por uma nota negativa do Goldman Sachs.
Bloomberg
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 29 de Setembro de 2016 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais BCP Nuno Amado reverse stock split
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias