Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CaixaBank acredita que encerramento de balcões na banca espanhola pode chegar aos 35%

Juan María Nin afirmou que a banca espanhola necessitará de encerrar, pelo menos, mais 10% dos seus balcões. Foram já fechadas 25% das agências bancárias em Espanha.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 22 de Abril de 2013 às 15:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A banca espanhola precisa de encerrar, pelo menos, mais 10% dos seus balcões, fazendo crescer a percentagem de agências encerradas para os 35%, afirmou esta segunda-feira o conselheiro delegado do CaixaBank, segundo o jornal espanhol “Expansión”.

 

Juan María Nin, lembrou num encontro do sector financeiro, que o CaixaBank é a instituição bancária que tem mais agências, em Espanha. O encerramento de balcões tem feito parte do processo de reestruturação do CaixaBank, o maior accionista do português BPI com mais de 46% do capital. No final do processo o banco deverá ter o mesmo número de balcões que tinha em 2007, porém terá mais 50 pontos base de quota de mercado, de acordo com as estimativas do banqueiro.

 

A estratégia do banco passou pelo crescimento orgânico entre 2007 e 2010, optando depois pelas aquisições de outras instituições bancárias. “Chegámos à conclusão que o crescimento orgânico num país como Espanha, poderia não ser suficiente”, explicou Nin.

 

As novas regras da União Europeia (UE), mais duras no entender do banqueiro implicarão um menor crescimento da banca e reduzirá a capacidade dos bancos concederem crédito.

 

O banqueiro considerou que “estamos numa zona de inflexão, mas não vou dizer se isto supões três, quatro ou cinco trimestres”. “Avançámos muito”, assegurou Juan María Nin, segundo o “Expansión”.

Ver comentários
Saber mais CaixaBank Juan María Nin banca
Outras Notícias