Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Capitalização do Novo Banco feita com saída de dívida para o BES

A capitalização do Novo Banco deverá ser feita com a transferência de obrigações seniores para o BES, em vez da conversão de dívida em capital, apurou o Negócios. Em causa estarão 1.500 milhões de títulos detidos por investidores institucionais.

Bloomberg
  • Assine já 1€/1 mês
  • 27
  • ...

A medida para capitalizar o Novo Banco prevê que uma parte da dívida sénior que a instituição herdou do BES volte para esta instituição que, assim, passará a ser responsável pelo reembolso das obrigações seniores em causa, apurou o Negócios. Em causa estão 1.500 milhões de euros aplicados por investidores institucionais.

 

Afastado estará o cenário de conversão daqueles títulos de dívida em capital do Novo Banco, o que implicaria que os investidores detentores daquelas obrigações passassem a ser accionistas da instituição, como avançou a TSF.

 

A devolução ao BES de dívida sénior originalmente emitida por este banco e transferida para o Novo Banco no quadro da medida de resolução decidida pelo Banco de Portugal a 3 de Agosto de 2014 permite reforçar os rácios de solidez da instituição liderada por Eduardo Stock da Cunha. Isto porque o Novo Banco deixa de ter a responsabilidade de reembolsar esta dívida, voltando essa obrigação para o BES.

 

Com a transferência das obrigações para o BES, os investidores que detêm estes títulos arriscam perder grande parte ou a totalidade das aplicações realizadas. Isto porque a instituição cujo destino é a liquidação não tem activos suficientes para fazer face ao reembolso destes títulos.

 

Como o Negócios já adiantou, a capitalização do Novo Banco vai afectar cerca de 1.500 milhões de euros de obrigações detidos por investidores institucionais. De fora desta medida ficam os títulos de dívida que são propriedade de clientes particulares da instituição.

Ver comentários
Saber mais Novo Banco BES dívida sénior obrigações Banco de Portugal
Mais lidas
Outras Notícias